Trabalho protetor

No Caminho Infinito aprendemos que nossa verdadeira identidade é o ser infinito. Aprendemos também que existe um único poder.

Existem crenças universais em outros poderes que podem se alojar em nossa consciência sem que percebamos. Isso pode afetar de forma aparente o plano humano.

Por isso devemos começar o dia com o que foi chamado de trabalho protetor.

É necessário iniciar todo dia com uma forma de percepção espiritual que foi chamada trabalho protetor. Esse trabalho é provavelmente a parte mais importante de todo seu trabalho no Caminho Infinito. (GOLDSMITH, Joel Solomon. Awaking Mystical Consciouseness, p. 155)

A função do trabalho protetor é nos proteger da aceitação e atuação das crenças universais através da constatação dos princípios do Caminho Infinito.

A isso chamamos de trabalho protetor, não que nos protegemos de quaisquer pessoas, raças ou religiões, ou que nos protegemos de quaisquer pecados ou doenças. Longe disso. O significado de trabalho protetor é nos proteger da aceitação dessas crenças universais. (GOLDSMITH, Joel Solomon. Man Was Not Born to Cry, p. 56)

Trabalho protetor não é uma proteção de alguma coisa ou de alguém. É trabalho de proteção no sentido de proteger da atuação da crença universal. (GOLDSMITH, Joel Solomon. Awaking Mystical Consciousness, p. 155)

Essa percepção consciente deve ser expressa diariamente nessas palavras:

Visto que eu sou Eu, não estou sob a lei, mas sob a graça. Visto que eu sou Eu, não há leis fora de mim atuando sobre mim. Eu sou a lei, e Eu sou o domínio sobre “esse mundo”. (GOLDSMITH, Joel Solomon, Man Was Not Born to Cry, p. 57)

Essa é a verdade mas é necessário fazer dela uma atividade da consciência.

Os princípios que libertam são:

  1. Deus como ser individual.
  2. A despersonalização do mal percebendo que ele não tem em quem ou através de quem operar.
  3. A anulação de todo mal como não tendo ordenação de Deus.

Criado em 29/03/2017. Revisado em 19/06/2017.

Anúncios